Categories

Strange Light

“Busca-se a marca na areia, mas a luz não vem antes do amanhecer das marés, detentoras de entradas e saídas daquele lugar onde não estivemos sentados sem chão, recordas-te?”

Olhamos para dentro, e os lugares livres são escassos, não encontramos onde ficar. Seguimos a luz do luar, e avistamos na penumbra a pegada do nosso estar, do nosso sentar e do nosso recordar, que o passeio naquele lugar foi iluminado pela ausência daquele inquietante olhar.

Ano: 2019
Técnica: Desenho vectorial impresso em tela
Dimensão: 150x170cm

Share